Projeto Casa de Batuqueiro

Release

Se ao longo da história o termo batuque passou a ser usado de forma genérica e aleatória, com o passar do tempo, para não cair no esquecimento, a Casa de Batuqueiro há 19 anos resgata, preserva, pesquisa e transmite a manifestação do batuque em sua dança, cantos e ritmo. Fruto do legado bantu, o batuque é um ritmo de resistência da diáspora negra nas terras brasileiras. A concentração de negros do tronco étnico bantu na região rural do oeste paulista, durante o processo escravocrata, aponta que os primeiros registros do batuque de umbigada se deram na região dos municípios de Tietê, Piracicaba, Capivari e Rio Claro.