Didá Banda Feminina

Release

“As rainhas que tocam tambor”, é assim que a Didá se apresenta. A banda percussiva formada por mulheres negras que reunidas venceram a insegurança e os medos de uma sociedade patriarcal. No figurino, a Didá homenageia o princesa e guerreira negra Anastácia. No compasso do samba-reggae as percussionistas fazem coreografias que sincronizam o pulso do toque do tambor ao passo da dança-afro. Conhecida em diversos países, a Didá é referência na música baiana e mantém o legado deixado por Mestre Neguinho do Samba, com quem aprenderam que o samba-reggae é um ritmo que dialoga com muitos outros…

 

Fotos

Vídeo